Cirurgia Convencional

Home / Cirurgia Convencional
Cirurgia Convencional

A cirurgia de varizes convencional é a técnica mais utilizada na extração de varizes com ou sem a retirada das safenas. Existe descrição de exérese de varizes a.C., sendo que a técnica atual é utilizada há mais de 100 anos, com poucas variações e inovações, associada a uma taxa não-desprezível de complicação cirúrgica e insatisfação do paciente, principalmente quando há necessidade de remover a safena.
Esta técnica consiste na retirada da safena, quando necessário, através de um fleboextrator, que é passado por dentro dela, amarrado e no final da cirurgia extraída. Além disso, através de microincisões retiram-se todas as varizes visíveis. Ela pode ser realizada com anestesia local e recuperação rápida, até necessitar de raquianestesia para cirurgias maiores e de um repouso de cerca de 30 dias para retorno às atividades normais.
Durante muitos anos era a única opção de tratamento de varizes e com a chegada do ultrassom vascular houve uma melhor visualização do que se deveria fazer na cirurgia. Aos poucos, novas possibilidades de tratamento foram surgindo, como a espuma e o endolaser. As técnicas e os materiais desses novos procedimentos foram se aprimorando e os resultados foram se tornando cada vez melhores.
Devido aos menores riscos intraoperatórios, a recuperação pós-operatória mais rápida e as menores taxas de complicações pós-operatórias observadas em vários estudos, a Clínica Vena opta pelo tratamento das safenas por laser ou espuma, reservando a cirurgia de varizes convencional para os casos de ressecção de trajetos ou como complemento do tratamento da safena a laser.

scriptsell.neteDataStyle - Best Wordpress Services