Varizes, por que operar?

Varizes, por que operar?

Varizes de membros inferiores são alterações lentas e progressivas das veias, que causam sua dilatação, alongamento e tortuosidade. A doença venosa afeta milhões de pessoas no mundo, estando presente em mais de 20% da população e chegando a 80% a partir dos 60 anos. Nos Estados Unidos, há uma perda anual de quase 6 milhões de dias de trabalho por essa doença.

É uma doença relacionada à hereditariedade, presente em 90% das pessoas que possuem ambos pai e mãe com varizes, mas podem ocorrer em até 20% das pessoas com pais sem história dessa doença. Por ser crônica, ela não tem cura. Existem muitos flebotômicos no mercado que aliviam a sensação de peso e cansaço nas pernas, além do edema. As meias elásticas também possuem essa ação, podendo ser usadas associadas aos flebotômicos ou não.

Mas se varizes não têm cura, se elas voltam, por que operá-las? E se for operar, qual a idade certa para fazer isso? As obesas devem emagrecer antes da cirurgia? As mulheres que querem ter filho, devem primeiro engravidar para depois realizar o tratamento?

Bom, primeiro é correto afirmar que varizes não têm cura, porém elas não voltam. Novas varizes aparecem com o decorrer da vida. E isso vai depender da hereditariedade de cada um, além de alguns fatores que, quando presentes, favorecem seu aparecimento: obesidade, sedentarismo, profissões que mantém a pessoa muito tempo parada em pé ou sentada.

Segundo, não existe uma idade certa para se operar varizes. Deve ser feito assim que apresentar algum desconforto, seja pela parte estética, seja por sintomas.

Com relação à obesidade, apesar de ser um fator que estimula a formação de varizes, não há uma obrigatoriedade em emagrecer primeiro para depois operar. Por outro lado, caso a pessoa esteja pensando em emagrecer, aí sim talvez seja melhor perder peso para depois operar as varizes.

Já com relação à gravidez, costumo dizer que as mulheres que já estão tentando engravidar, podem e devem esperar ter seu filho, amamentar, para depois programar sua cirurgia, tendo em vista que varizes não tem urgência para se tratar, a não ser que haja alguma complicação, como tromboflebite, que é uma inflamação da veia, que pode evoluir para trombos e aí sim levar a quadros mais graves. Mas aquelas que não estão em programação de engravidar, não há motivo para não operar antes da gestação.

Oriento sempre minhas pacientes que varizes devem ser operadas por 3 motivos:

  1. Para quem tem preocupação estética.
  2. Para alívio da dor, peso, cansaço das pernas.
  3. Para evitar as complicações, como tromboflebite, úlcera varicosa.

É muito comum as pessoas perguntarem se há riscos na cirurgia de varizes. Ora, não existe procedimento sem riscos. Porém, desde que seus exames pré-operatórios estejam normais, que sua avaliação cardiológica seja de baixo risco, costumo dizer que o risco das complicações das varizes é maior que o risco da cirurgia, desde que seja bem orientada e bem conduzida pelo seu Cirurgião Vascular!

Entre em contato conosco e faça uma avaliação.

Leave a Reply

Please Login to comment
scriptsell.neteDataStyle - Best Wordpress Services